Horário de atendimento


De segunda a sexta de 8h às 20h | Sábado de 10h ás 14h

Número de pessoas com conjuntivite aumenta no verão, saiba como se proteger

Publicado por Gisele Bicalho em 5 de janeiro de 2018

Você amanheceu com as pálpebras grudadas, está com sensibilidade à luz e para piorar seus olhos estão doloridos, vermelhos e lacrimejantes, com sensação que há areia neles? Certamente você está com conjuntivite, doença causada por vírus ou por bactérias e que é transmitida de pessoa a pessoa.

Procure logo um médico. O tratamento é feito com o uso continuo de colírios e até mesmo antibióticos. Além, claro, da higiene e cuidado com os olhos e as áreas afetadas, como lavar com soro fisiológico e água abundante.

Sua prevenção é simples: manter hábitos de higiene adequados. Evitar coçar os olhos, usar lenços descartáveis, travesseiros individuais e não fazer o uso de objetos de pessoas que contraíram a doença, são as principais orientações para manter a conjuntivite longe.

SINTOMAS

 Os principais sintomas da conjuntivite são:

  • Olhos vermelhos e lacrimejantes
  • Dor na região dos olhos
  • Sensibilidade à luz
  • Pálpebras inchadas
  • Secreção
  • Sensação de que há areia nos olhos
  • Amanhecer com as pálpebras “grudadas”

CUIDADOS AO CONTRAIR A DOENÇA:

  • Mantenha a higiene pessoal
  • Lave as mãos com frequência
  • Lave o rosto e os olhos com água abundante
  • Não compartilhe objetos pessoais
  • Troque as fronhas de travesseiro diariamente
  • Não use lentes de contato enquanto estiver com a infecção
  • Evite coçar os olhos
  • Evite ambientes fechados com muitas pessoas
  • Não compartilhe produtos de beleza, como rímel e delineadores
  • Não compartilhe toalhas de rosto

A transmissão da conjuntivite pode acontecer por todo o tempo que em houver infecção ativa. Ela pode durar de 2 dias até 3 semanas. Seus sintomas aparecem geralmente de 24 a 72 horas, quando há exposição a conjuntivite bacteriana e de 5 a 12 dias após a contaminação com a conjuntivite viral. Ao observar qualquer um dos sintomas acima, procure o oftalmologista mais próximo de você.