Horário de atendimento


De segunda a sexta de 10h às 20h | Sábado de 10h ás 14h

Dicas para as primeiras consultas com o pediatra

Publicado por Adriana Santos em 6 de dezembro de 2017

Uma das dúvidas mais comuns de uma mãe que acabou de sair da maternidade é, geralmente, sobre a primeira consulta pediátrica. São muitas expectativas, inúmeras dúvidas e, até mesmo, um sentimento de insegurança. Por isso, preparamos algumas dicas que podem ajudá-la nesse momento tão importante à saúde do seu bebê. Antes de tudo, verifique se o profissional faz parte da Sociedade Brasileira de Pediatria e tente conhecer um pouco sobre ele antes de decidir o mais adequado para o seu filho.

Verifique a distância entre o consultório e sua casa, a disponibilidade do pediatra, a forma de contato em situações emergenciais em que você precise dele;

Agende a primeira consulta entre o 5º e 10º dia de vida do bebê (as seguintes consultas  devem ser feitas da seguinte forma: 1 consulta quando o bebê tiver 1 mês de idade; 1 consulta por mês dos 2 aos 12 meses de idade; 1 consulta de 3 em 3 meses do 1 aos 2 anos de idade; 1 consulta de 6 em 6 meses dos 2 aos 6 anos de idade; 1 consulta por ano dos 6 aos 18 anos de idade.

Prepare uma bolsa, com fraldas, lencinhos/algodão, troca de roupa, manta e um lanchinho para você, mas nada de exageros. Caso o bebê tome fórmula de leite, leve também um potinho com o pó e a mamadeira com água filtrada separados e não misturados;

Anote nos dias anteriores à consulta, as dúvidas e incertezas do dia a dia com o bebê e escreva-as para levar e esclarecer com o médico.

Organize os documentos com atenção. É comum que o pediatra peça para ver todos os exames que foram feitos no hospital logo que o bebê nasceu, assim como a certidão de nascimento e carteira de vacinação.

Apronte-se com antecedência, os imprevistos acontecem. Comece a arrumar as coisas com tempo e se dê tempo também para chegar ao consultório com tranquilidade, sem estresse.

Esclareça as dúvidas. Não tenha medo de perguntar. Mãe não sabe tudo. Você também pode anotar as orientações, as datas das próximas consultas e os telefones para chamadas de emergência.

Deixe a próxima consulta do bebê agendada antes de sair do consultório, assim é uma coisa a menos para você lembrar depois. Lembre-se: nada de estresse.

Lave as mãos na saída. As salas de espera e os consultórios médicos são locais propícios para a proliferação de germes, então lave bem suas mãos com água e sabão. O ideal é limpar também as mãozinhas do bebê com um lencinho umedecido.

No mais, boa consulta!